Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /nfs/c09/h06/mnt/209424/domains/artalibi.pt/html/wp-content/themes/alibi/templates/content-single.php on line 45
Exposição | Exhibition
09.07.2016
– 01.08.2016
Valter Ventura

Toda a Linha Recta é um Arco de um Círculo Infinito

Toda a Linha Recta é um Arco de um Círculo Infinito
Event Details
Detalhes do Evento

Cost of entry
Free Admission

Intro
Introdução

Valter Ventura apresenta uma série de imagens onde separa a representação da matéria daquilo que não tem corpo palpável.

Valter Ventura apresenta uma série de imagens onde separa a representação da matéria daquilo que não tem corpo palpável.

About
Sobre
Numa das paredes exibe-se um conjunto de fotografias de um esqueleto humano, em que a sua organização, distante de uma vontade que explica, responde a uma lógica de inventário e a uma vontade que classifica. O esqueleto aparece desmembrado e os ossos que o compõem autonomizam-se em folhas separadas. O papel acusa ainda as dobras que permitem reconhecê-lo como parte de um grupo que se arruma e arquiva, ou que se utiliza para efeito de estudo e consulta.
No canto oposto dispõe-se um registo de vídeo que nos documenta a elaboração de um fogo arcaico.
Filmado em estúdio, a atenção foca-se
sobre os instrumentos e o processo utilizado para a criação da chama.
Ambos se complementam num ciclo (círculo) de morte e nascimento, de coisa estática e em movimento, de matéria e energia que se repete num acto de procura. Uma procura conjunta entre entendimento e encantamento que, desde sempre, articula aquilo que nos compõe.

Text: Sérgio Fazenda Rodrigues
Numa das paredes exibe-se um conjunto de fotografias de um esqueleto humano, em que a sua organização, distante de uma vontade que explica, responde a uma lógica de inventário e a uma vontade que classifica. O esqueleto aparece desmembrado e os ossos que o compõem autonomizam-se em folhas separadas. O papel acusa ainda as dobras que permitem reconhecê-lo como parte de um grupo que se arruma e arquiva, ou que se utiliza para efeito de estudo e consulta.
No canto oposto dispõe-se um registo de vídeo que nos documenta a elaboração de um fogo arcaico.
Filmado em estúdio, a atenção foca-se
sobre os instrumentos e o processo utilizado para a criação da chama.
Ambos se complementam num ciclo (círculo) de morte e nascimento, de coisa estática e em movimento, de matéria e energia que se repete num acto de procura. Uma procura conjunta entre entendimento e encantamento que, desde sempre, articula aquilo que nos compõe.

Texto: Sérgio Fazenda Rodrigues
Event Details

Cost of entry
Free Admission