Exposição | Exhibition
11.05.2017
– 23.09.2017
Igor Jesus

Amar-te os ossos

Galeria Filomena Soares
Event Details
Detalhes do Evento

Opening TimesHorário
Tuesday - Saturday 10am - 8pm

Cost of entry
Free Admission

Travel InformationComo Chegar
Bus: 39, 718, 742, 759, 28, 781, 782
Subway: Sta. Apolónia

AddressMorada
Rua da Manutenção, 80
1900-321 Lisbon
portugal

Website
www.gfilomenasoares.com

Follow Gallery
Facebook

Intro
Introdução

Esta é a segunda exposição individual do artista nesta galeria, onde será apresentado um conjunto alargado de novos trabalhos, desenvolvidos por Igor Jesus entre 2016 e 2017. Amar-te os ossos resulta da investigação artística do artista em torno da colonização do corpo e da precariedade matérica e identitária a partir de Salò, ou os 120 Dias de Sodoma (1975), a derradeira obra de Pier Paolo Pasolini.

Esta é a segunda exposição individual do artista nesta galeria, onde será apresentado um conjunto alargado de novos trabalhos, desenvolvidos por Igor Jesus entre 2016 e 2017. Amar-te os ossos resulta da investigação artística do artista em torno da colonização do corpo e da precariedade matérica e identitária a partir de Salò, ou os 120 Dias de Sodoma (1975), a derradeira obra de Pier Paolo Pasolini.

About
Sobre
Este projecto, desenvolvido em residência na Künstlerhaus Bethanien em Berlim, pretende explorar de que forma os corpos e os sujeitos são produzidos, apropriados e colonizados pelos próprios dispositivos de captação e criação de imagens. Para tal, através de uma aturada investigação, o artista partiu em busca dos actores que desempenharam o papel de escravos no filme-testamento de Pasolini, resgatando e reapropriando-se, por via da imagem, desses corpos olhados, no filme, como produto-desperdício.

Desta pesquisa resultaram encontros e conversas com os actores Umberto Chessari e Bruno Musso cujos corpos se inscrevem em omnipresença na exposição. Amar-te os ossos concorre para o entendimento de um vórtice visualista em que o corpo cria imagens e as imagens criam corpos, mas também os alteram, ferem e condicionam. Chessari e Musso atestam o modo violento como os dispositivos de criação e captação de imagens actuam directamente sobre corpos e matéria, tendo consequências intangíveis, mas também tangíveis e reconhecíveis através da visão e dos mecanismos da visualidade.
Este projecto, desenvolvido em residência na Künstlerhaus Bethanien em Berlim, pretende explorar de que forma os corpos e os sujeitos são produzidos, apropriados e colonizados pelos próprios dispositivos de captação e criação de imagens. Para tal, através de uma aturada investigação, o artista partiu em busca dos actores que desempenharam o papel de escravos no filme-testamento de Pasolini, resgatando e reapropriando-se, por via da imagem, desses corpos olhados, no filme, como produto-desperdício.

Desta pesquisa resultaram encontros e conversas com os actores Umberto Chessari e Bruno Musso cujos corpos se inscrevem em omnipresença na exposição. Amar-te os ossos concorre para o entendimento de um vórtice visualista em que o corpo cria imagens e as imagens criam corpos, mas também os alteram, ferem e condicionam. Chessari e Musso atestam o modo violento como os dispositivos de criação e captação de imagens actuam directamente sobre corpos e matéria, tendo consequências intangíveis, mas também tangíveis e reconhecíveis através da visão e dos mecanismos da visualidade.
Event Details

Opening TimesHorário
Tuesday - Saturday 10am - 8pm

Cost of entry
Free Admission

Travel InformationComo Chegar
Bus: 39, 718, 742, 759, 28, 781, 782
Subway: Sta. Apolónia

AddressMorada
Rua da Manutenção, 80
1900-321 Lisbon
portugal

Website
www.gfilomenasoares.com

Follow Gallery
Facebook